domingo, 16 de fevereiro de 2014

CLIP DO LIVRES PARA ADORAR - QUANDO O MUNDO CAI AO MEU REDOR


Dirigido por Hugo Pessoa, o clipe foi gravado em Londres e traz imagens da banda, mescladas com cenas de um casal que perdeu uma filha e agora, luta para superar o trauma e as dificuldades.
O roteiro do clipe foi pensado de forma a ilustrar a proposta do CD “Mais um dia”, lançado em 2011. Dentro do conceito deste álbum, o ministério Livres busca transmitir a mensagem de esperança e vida do evangelho.

“Quando o mundo cai ao redor” é uma versão em português da música de Steve Fee e Eddie Kirkland, “Everything Fall”. O álbum “Mais um dia” é composto por outras onze faixas, e contém sete composições de Juliano Son, além de outras cinco versões de músicas internacionais, de acordo com a assessoria do Livres.
video



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante! Através dele terei oportunidade de aprender mais! Muito obrigado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visitas dos lugares mais distantes

Minha lista de blogs

Aborto diga não!

Aborto diga não!
1999 - Um fotógrafo que fez a cobertura de uma intervenção cirúrgica para corrigir um problema de espinha bífida realizada no interior do útero materno num feto de apenas 21 semanas de gestação, numa autêntica proeza médica, nunca imaginou que a sua máquina fotográfica registaria talvez o mais eloquente grito a favor da vida conhecido até hoje.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.

Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).

Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença".

Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias.

Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

Fonte:www.apocalink.blogspot.com