domingo, 5 de janeiro de 2014

MORRE EM SP O CANTOR NELSON NED - VEJA ENTREVISTA AO RATINHO

Jornal GGN - Morreu neste domingo (5) em São Paulo o cantor Nelson Ned. Desde 2003, após sofrer um acidente vascular cerebral, o cantor já recebia cuidados especiais da família e, no fim de dezembro passado, mudou-se para uma clínica de repouso em Cotia - de onde saiu para ser internado no Hospital Regional de Cotia, após forte pneumonia.
ENTREVISTA CONCEDIDA AO RATINHO
video

A Secretaria Estadual de Saúde informou apenas que o cantor sofreu complicações clínicas que o levaram a óbito. O horário da morte também não foi divulgado.
Nelson Ned d'Ávila Pinto nasceu em Ubá, Minas Gerais e tinha 66 anos. Começou sua carreira nos anos 60 e fez muito sucesso por toda a América Latina, com suas canções populares e românticas. Seu maior sucesso é "Tudo Passará", gravação de 1969 e que ganhou 40 versões de outros artistas ao redor do mundo.
Um dos maiores ganhadores de discos de ouro no país, Ned tem ainda uma enorme façanha em seu currículo: foi um dos poucos a se apresentar no Carnegie Hall, em Nova York, por quatro vezes - todas com lotação esgotada.
Nos anos 90, converteu-se ao neopentecostalismo e passou a gravar somente músicas gospel, até o primeiro AVC que o tirou dos palcos. Em consequência disso, sofria de diabetes, hipertensão, mal de Alzhaimer e ainda teria perdido a visão no olho direito.
Em 1996, lançou uma biografia, "O Pequeno Gigante da Canção", uma referência ao seu 1,12m de altura. Nele, conta que teve depressão no auge de sua trajetória, e que envolveu-se com bebidas e drogas para conseguir enfrentar o problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante! Através dele terei oportunidade de aprender mais! Muito obrigado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visitas dos lugares mais distantes

Minha lista de blogs

Aborto diga não!

Aborto diga não!
1999 - Um fotógrafo que fez a cobertura de uma intervenção cirúrgica para corrigir um problema de espinha bífida realizada no interior do útero materno num feto de apenas 21 semanas de gestação, numa autêntica proeza médica, nunca imaginou que a sua máquina fotográfica registaria talvez o mais eloquente grito a favor da vida conhecido até hoje.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.

Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).

Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença".

Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias.

Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

Fonte:www.apocalink.blogspot.com